Para profissionais experientes

Oferecemos serviços que denominamos (1) "Mentoria", (2) "Parceria", além dos (3) Serviços de Engenharia.

Por meio deles, buscamos, respectivamente, refinar a eficácia do empreendedor, aumentar a eficiência do sistema gerencial do construtor e solucionar as questões específicas da execução da obra.

E temos alcançado estas metas, quando unimos a visão empresarial de nossos clientes com os raciocínios da Engenharia Econômica e da Engenharia de Custos, transformando-nos, cada um em sua área, em um diferencial de mercado.

Que bom recebê-lo aqui!

Para estudantes e novos profissionais

Oferecemos material técnico gratuito em posts, vídeos e em e-books para auxiliar no desenvolvimento conceitual.

Oferecemos serviços expressos para que qualquer interessado possa afirmar rapidamente qual é: (1) A estimativa do custo da obra, (2) O cronograma físico-financeiro e (3) a taxa de BDI/ADM, de uma possibilidade de negócio de construção.

Promovemos cursos de curta duração, que proporcionam uma evolução conceitual rápida e econômica. Cursos presenciais em Curitiba, São Paulo ou "In Company" e ainda cursos à distância.

Acesse maiores informações pelo menu do site.

Diferencial do professor Mozart

Mozart compreende a Engenharia de Custos com uma ótica diferenciada, construída com base na busca de soluções para os desafios de um tocador de obra (10 anos), de um orçamentista, de um dono de construtora (5 anos), de um professor de cursos de curta duração (38 anos), de um escritor, de um pesquisador ou "cientista" e de um assistente técnico na solicitação e aprovação de pleitos de revisão de preços, acompanhando os interesses de grandes contratantes e construtoras (25 anos).

Isso o levou a perceber (o que parece que ninguém percebe) que o gerenciamento de custos é uma área bipolar: o tratamento do lado comercial da informação contrasta em vários aspectos com a apuração da realidade do construtor. E que tudo o que se fala na internet e na educação em geral trata apenas do lado comercial.

Um exemplo: em um país de elevada taxa de juros onde a moeda não mantém seu poder de compra, a despesa financeira e os riscos de um contrato de empreitada não são discutidos. Prevalece o enfoque superficial desejado pelo ofertante da obra. O empreiteiro que aprenda a lidar com as ameaças potenciais ao sucesso de seus projetos.

O diferencial do professor Mozart é dominar o assunto. Não por ser super inteligente, mas por estudar isso no mínimo umas 3 horas por dia durante os últimos 35 anos.

Conhecendo a essência do tema, é possível orientar o interessado (estudante ou profissional especializado) a se beneficiar com o conhecimento da Engenharia de Custos.