Tipo de curso

Presencial

Carga Horária
8 (oito) horas

Descrição do curso

O curso apresenta conceitos e dicas para orçar obras de edificações, saneamento e infraestrutura urbana de forma completa utilizando o sistema orçamentário SINAPI.

Fornece planilha para elaboração do orçamento da obra e sugere software específico para os interessados (serviço opcional não incluído).

Curso que atende as necessidades da orçamentação de obras a serem financiadas total ou parcialmente com recursos federais. O SINAPI é um sistema nacional de referência de preços (preços máximos permitidos).

Objetivo do curso
Auxiliar os interessados na elaboração de orçamentos formais de obras públicas e privadas a rapidamente aprender o uso correto do sistema.

Metodologia aplicada

  • Videoaulas que resumem e apresentam a teoria necessária para o uso das tabelas;
  • Ilustração com cálculos numéricos e exercícios de aplicação;
  • Distribuição de modelo de cálculo em planilha para elaborar o orçamento;
  • Indicação de software específico (não incluído no curso)

Programa

  • Apresentação do SINAPI e acesso à sua documentação;
  • Detalhamento das composições de serviços: escopo, cenários de consumo e níveis de integração de custos;
  • Combinação de composições;
  • KIT de composições;
  • Composição representativa;
  • Árvore de Grupo;
  • Dicas de codificação do projeto no SINAPI;
  • Sugestão de Discriminação Orçamentária;
  • Dicas sobre a quantificação dos serviços;
  • Elaboração da planilha orçamentária;
  • Processo para a elaboração de ajustes no SINAPI;
  • A solução SINAPI de Engenharia de Custos;
  • Orçamento ilustrativo de Condomínio Fechado de padrão médio de acabamento.

Público-Alvo
O curso é dirigido a Arquitetos, Engenheiros, Técnicos e Tecnólogos de Edificações, por terem mais contato com os materiais, os equipamentos e os cargos de mão de obra da indústria da construção civil. Também por terem mais facilidade de interpretar os projetos arquitetônicos e de engenharia. Outros profissionais de nível superior e estudantes que já estejam integrados com a execução de obras podem participar. Mestres de obras e empreiteiros podem participar se tiverem facilidade de utilizar a planilha Excel, o que indica habilidade matemática e raciocínio quantitativo necessário para acompanhar o curso.