Viabilidade Econômico-Financeira na Construção Civil

A ideia de viabilidade está relacionada com a avaliação da possibilidade de execução de um contrato de empreitada de obra ou de um empreendimento imobiliário. A busca de formas de contornar as dificuldades que impedem que o negócio seja considerado bom ou interessante.

A viabilidade é um conceito amplo, que abrange várias áreas de conhecimento, inclusive as áreas econômica e financeira. O termo viabilidade econômica direciona a análise para a estimativa do total de receitas e despesas que serão geradas pelo negócio, ou seja, para a avaliação da lucratividade.

A viabilidade econômica existe quando existe o equilíbrio econômico entre as receitas e despesas, ou seja, as receitas são maiores que as despesas em uma proporção considerada atrativa ou suficiente.

A viabilidade econômica pode ser estudada na fase inicial do negócio, no chamado Estudo de Viabilidade Técnico-Econômica, ou na fase de planejamento da obra ou empreendimento, na elaboração dos serviços de planejamento de obra e do orçamento da obra.

A viabilidade econômica avalia a capacidade de criação de riqueza que o negócio tem e envolve os detalhes da formação ou composição do preço de venda. São utilizadas as técnicas de estimativa de custos e do cálculo da Taxa de Benefícios e Despesas Indiretas (BDI).

A viabilidade econômica na construção civil é uma análise estática, um balanço econômico feito em determinado momento, que não calcula o fluxo de caixa e o valor do dinheiro no tempo.

O termo viabilidade financeira traz a ideia do construtor ou incorporador dispor dos recursos financeiros para executar a obra ou o empreendimento.

Envolve o planejamento da fonte de recursos, a pesquisa da remuneração financeira a ser considerada e a capacidade do negócio de arcar com o ônus financeiro. Quando esta engenharia está definida, diz-se que existe um equilíbrio financeiro.

A viabilidade financeira decorre do cálculo da necessidade mensal de capital, que depende do cronograma de receitas da obra e do orçamento e do planejamento da obra. Não se trata de apenas montar um cronograma físico-financeiro para o contrato. É necessário elaborar um estudo de engenharia econômica.

Acesse o site da MBS Engenharia para conhecer os cursos oferecidos nesta área. O curso Viabilidade Econômica e Financeira ensina a engenharia econômica da construção.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *